Postada em 17 de junho de 2017 às 07:01
Estudante de medicina é preso por falsidade ideológica em S. Luís do Quitunde
 
Danielle silva/al24hs
Comentar
Tamanho da letra
Foto: Cortesia
Um estudante de medicina foi preso nesta sexta-feira, 16, acusado de exercer ilegalmente a medicina, no Hospital de São Luís do Quitunde, Região Norte de Alagoas. De acordo com informações da Delegacia da cidade, o rapaz ainda está no primeiro período do curso de medicina da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), mas estaria utilizando o registro profissional (CRM) de um médico, de identidade não informada.

O rapaz foi preso em flagrante por policiais do 6º Batalhão (BPM) e conduzido à Delegacia Regional de Matriz do Camaragibe, onde a equipe de São Luís do Quitunde está de plantão durante o final de semana. O estudante prestou depoimento ao delegado Valdir Silva de Carvalho e foi autuado por falsidade ideológica, conforme informações de agentes plantonistas.

Os agentes também informaram que caberá à Justiça arbitrar a fiança para soltura do acusado.

O presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Alagoas (CREMAL), Fernando Pedrosa, disse, por meio de sua assessoria de comunicação, que “o Cremal vai acompanhar o caso junto à Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e vai colaborar com as polícia no que diz respeito às investigações”.

 
0Comentário
Deixe seu comentario
O seu comentário está sujeito a aprovaçao pela direção do portal.

Nome, E-mail e Telefone, são obrigatórios.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


Todos os direitos reservados - 2013 - 2017 Lúmen Web Sites